Sesc-SP abre debate sobre inclusão na educação, na cultura e na vida urbana; confira destaques

Por Jairo Marques

Nos próximos dias 29 e 30 de novembro (quarta e quinta-feira), a unidade Santana do Sesc-SP vai ser palco de uma extensa programação de debates tendo a pessoa com deficiência como foco. O seminário “Modos de Acessar – Cidadania e Deficiência” tem o intuito de ampliar a mobilização social para o planejamento de novas medidas inclusivas nos mais diversos setores.

Todo o evento vai contar com audiodescrição e tradução para Libras e contará com especialistas de relevância nacional e internacional que dividirão experiências, problemáticas, demandas e encaminhamentos de propostas.

Entre os nomes que estão confirmados no seminário estão os do sociólogo e especialista em artes Ney Wendell, professor da Faculdade de Artes da Universidade de Quebec, no Canadá, do secretário municipal da Pessoa com Deficiência de SP, Cid Torquato, da especialista em educação inclusiva Aline Santos (Instituto Rodrigo Mendes) e de artistas com o rapper Billy Saga e a coreografa Estela Lapponi.

Os participantes vão ainda poder experimentar as sensações de um jardim sensorial, de uma apresentação de “Danceability” e outras performances.

De acordo com o Sesc, o evento será um primeiro passo de uma série de realizações pró-inclusão que o órgão deverá promover nos próximos meses e anos, sempre com o enfoque de produzir conhecimento para a formação e criação de novas frentes inclusivas.

Para se inscrever e saber da programação completa, clique aqui!

Ah, e vou estar por lá, todo formoso, sendo mestre de cerimônia! 😉