Jairo Marques

Assim como você

 -

Jairo Marques, que é cadeirante, aborda aspectos da vida de pessoas com deficiência e de cidadania. Aqui, você encontra histórias de gente que, apesar de diferenças físicas, sensoriais, intelectuais ou de idade, vive de forma plena.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade

O amor nas diferenças

Por Jairo Marques

Foi em uma noite dessas que fez um frio da Lapônia aqui em São Paulo…  ;). Quando isso acontece, meus cambitos gelam e parece que toneladas de cobertores não são suficientes para aquecê-los.

“Amô, quenta minhas pernas?”… e lá foi a mulher fazer fricção com as pernas dela nas minhas até que eu ficasse bem confortável…. coisinha de casal.

Quando alguém encara suas diferenças com carinho, com gracejos e sem frescuras, pode investir que deve sair amor.

Caso suas “tortices”, sua voz meio acochambrada, sua gagueira, sua babinha no canto sejam sempre um incomodo, uma chateação, dê um jeito de arrumar as trouxas e tire seu bode, os coraçõezinhos e o seu sentimento dessa sala.

Não acho que amar alguém “diferente”, “todo quebrado”, seja um exercício de tolerância e um plano para garantir um cantinho no céu. Acho que é simplesmente ter disposição e coragem para atender a um chamado íntimo que fica dizendo: “Vai que esse te fará feliz”…

Também não dou ombros para chorar a aqueles que valorizam suas ditas “imperfeições” tão profundamente que elas passam a ser causa de qualquer fracasso, de qualquer chute na bunda, de qualquer carta de amor não lida.

Eu e Thaís em uma dessas ruas da vida

É preciso dar mais propaganda ao recheio morno, delicioso, que sai do bolinho aparentemente sem graça. O sorvete que irá provocar a explosão de sabores nessa combinação exige conquista!

E também tem outra: nas tais noites geladas, enquanto meu bem me aquece com todo carinho, ela leva de mim, em contrapartida, um caminhão de carinho.

Sem falar que, o calor de nossas pernocas juntas não fica só para mim… ele é dividido entre os corpos, chegando até o peito e deslumbrando o nosso amor…. o amor em nossas diferenças.

Blogs da Folha

Versão impressa

Publicidade
Publicidade
Publicidade